Libras & Autismo – um diálogo possível

Talvez você já tenha ouvido falar na possibilidade de comunicação de crianças autistas através da Libras. Você já ouviu sobre algo assim? Já percebeu como isso é possível na prática? Então, vem comigo que vou te contar uma história muito linda pra contar para você! 

A história que vou contar envolve a minha filha, a Sofia. A Sôfi, tem 4 anos, está quase completando 5. Desde bebezinha – ela é ouvinte – eu fui ensinando sinais para ela, na verdade, desde a gestação, desde a barriga! Durante a gestação, eu caminhava pelas ruas passeando com meu cachorrinho e ia sinalizando com ela. Colocava a guia no braço e, às vezes, eu cantava a música “Anunciação” de Alceu Valença pra ela e ia sinalizando a música! Isso eu aprendi em casa, na minha família. Comunicação não é vergonha! Você não tem que se envergonhar de sinalizar, fazer gestos, se expressar… Vergonha é você se calar, não compartilhar, esconder, esconder o amor, esconder uma declaração a um filho, por não conseguir se comunicar.

Quer se comunicar? Não tenha vergonha, não se preocupe se estão olhando, se não estão olhando.. Isso não é problema seu! Eu caminhava, sinalizava e cantava para a Sofia, então, desde bebê, ela aprendeu língua de sinais e ela já se comunicava desde o primeiro ano, ela já sinalizava para mim e dizia o que queria, que estava indo dormir, que queria comer, que tinha visto um cachorro, etc. Quando ela chegou na escola, ela tinha um coleguinha de sala com autismo! Iam conversando dia a dia e esse coleguinha sempre quieto, ele não fazia uma comunicação verbal falada do portugês. Depois de alguns meses, a professora me chamou na escola para contar o que estava acontecendo! Ao chegar na escola, era sobre a comunicação da Sofia com esse colega autista. Elas falaram: A Sofia nos ensinou a estabelecermos uma conexão com esse menino! E é através dos sinais que ela traz pra nós. 

A Sofia, pequenininha, com 2 anos, fazia sinais para ele! “Vem comigo!”, “vamos comer”, fazia o sinal de dormir, brincar, estabelecia conexão com esse menino que respondia para ela com sinais, pedia para comer utilizando os sinais, então, estabeleceu-se uma comunicação, primeiramente, em Libras com duas crianças ouvintes, nem uma das duas era surda! Libras é poder, Libras é comunicação! 

Espero que você esteja gostando de embarcar nessa jornada comigo!

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Últimos posts