O poder da visualização em LIBRAS atravessa continentes!

Você sabia que eu já morei na Alemanha? E eu fui morar na Alemanha com a minha mãe e minha irmã sem sabermos alemão, só com libras e português. Vou contar uma história para vocês sobre o relógio alemão e aí vocês vão entender que libras é possibilidade de conexão! Vem comigo! 

Eu nasci numa família, em 1982, bilíngue, que se  comunicava, e ainda se comunica, em português e em língua brasileira de sinais! Por que isso? Porque a minha irmã mais velha, Janaína, é surda!Desde pequenininha eu recebi o estímulo de aprender português e libras, isso me ajudou muito! Potencializou muito algumas habilidades de adquirir idiomas e também de percepções visuais. Então, estávamos minha mãe, Iara, que sabe português e libras – a minha irmã com quatro anos sabia a língua brasileira de sinais e português – e eu, com três anos, sabia português e também sabia libras!

Nós estávamos na Alemanha porque o meu pai foi lá fazer pós-doutorado em matemática! Sim, meu pai tem três pós doutorados em matemática, mas essa é uma outra história, estávamos caminhando pela cidade de Karlsruhe, onde eu morei quando eu tinha 3 anos de idade – depois, mais velha retornei e morei novamente por mais um tempo -, mas estávamos nós três caminhando e vinha um alemão e ele falou com a minha mãe, mas minha mãe não compreendeu! E, nesse momento, a minha irmã puxou a mão da minha mãe e disse: “Mamãe, ele quer saber o horário!  Ele quer saber que horas são!” E minha mãe, na mesma hora, mostrou para ele o relógio!  Ele virou, falou “Obrigado!” e foi embora.

Minha mãe, que a minha mãe, fluente em Libras- aí eu já me arrepio de lembrar o que ela fez – , sempre privilegiou a comunicação! Ela foi comigo, de três anos, e com a minha irmã, de quatro anos, sentou em um café, pediu uma água para todas nós e, aí, perguntou para minha irmã: “Janaína, como você sabia que ele, o Alemão, estava perguntando as horas?”, como é que vocês acham que ela sabia? Como é que a minha irmã, surda, de 4 anos de idade, que não sabia Alemão, então ela não poderia nem fazer a leitura labial do que ele estava falando, descobriu que ele queria saber as horas?

A língua de sinais é uma língua visual. Você desenvolve habilidades de conexões comunicacionais visuais! Esse é um dos superpoderes! É um super, sim! A minha irmã respondeu: “porque ele não parava de olhar para o seu relógio!”. Bingo! Através da comunicação visual e da percepção que Janaína, aos quatro anos de idade, tinha desenvolvido, ela conseguiu resolver uma situação no meio de uma cidade onde nós não conhecíamos ninguém e não falávamos a língua.

Assim, então, libras é possibilidade, língua de sinais é conexão, língua de sinais é comunicação em qualquer idade! No caso da minha irmã, com quatro anos até infinito. Vocês sabiam que a minha aluna mais velha tinha 80 e poucos anos? Não me lembro exatamente a idade,  mas tinha mais de 80 anos, e ela aprendeu libras para se comunicar com o neto! Não existe limite para o conhecimento! 

Um beijo, Débora Libras.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Últimos posts