Os primeiros educadores dedicados ao ensino de surdos

Você sabia que somente no século XVI, surgiram os primeiros educadores dedicados ao ensino de surdos?

Diversas metodologias foram desenvolvidas e aplicadas. Outras possibilidades de diálogo passaram a ganhar voz. 

O italiano Girolamo Cardano (1501–1576) e o espanhol Pedro Ponce de León (1520–1584) são exemplos de professores que desenvolveram métodos para o ensino de surdos. Também John Bulwer (1600–1650), educador inglês, ensinava por meio da leitura labial, além de ter escrito sobre a Língua de Sinais (JANNUZZI, 2004; GUGEL, 2009). Todos foram professores que enxergaram potencialidades em seus alunos surdos 

Para Gomes (2010), o século XVII trouxe consigo novos pensares sobre a surdez e a linguagem usada pelos surdos. Wilkins (1613–1672) foi um desses pensadores e questionava as ideias de Aristóteles sobre a fala como sendo a única expressão direta da mente. Tinha fascínio pela possibilidade de haver comunicação sem haver som e sobre as infinitas possibilidades de uma língua gestual, ou língua de sinais.

No ano de 1620, Juan Pablo Bonet (1579–1633) publicou o primeiro livro sobre as causas dos problemas da comunicação, incluindo a surdez (JANNUZZI, 2004). O autor condenava, em sua publicação, os gritos como método para ensinar alunos surdos e foi ele que, pela primeira vez, apresentou o alfabeto em Língua de Sinais no livro Reduction de las letras y arte para enseñar a hablar los mudos

Para Bonet, era de extrema importância que as pessoas envolvidas com alguma criança surda conhecessem e soubessem utilizar o alfabeto manual (GUGEL, 2009; JESUS, DOMINGUES, 2005).

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

GOMES, M. do C.Lugares e representações do outro: a surdez como diferença. Porto: CIIE, 2010.

GUGEL, M. A. A pessoa com deficiência e sua relação com a história da humanidade. AMPID, 2009. Disponível em: <http://www.ampid.org.br/Artigos/PD.Historia.phd> Acesso em: 11/6/2011.

JANNUZZI, G. S. M. A. Educação do deficiente no Brasil: dos primórdios ao início do século XXI. 1. ed. Campinas: Autores Associados, 2004.

JESUS, S. C.; DOMINGUES, T.C. A. Surdez, cultura e educação. In: V CONGRESSO DE LETRAS do UNEC, 5, 2005. Anais do V Congresso de Letras: Discursos e Identidade Cultural, Caratinga, Minas Gerais. Disponível em: http://bibliotecadigital.unec.edu.br/ojs/index.php/unec02/article/viewFile/275/349 Acesso em: 30/1/2013.

Imagem retirada de: Negócio foto criado por katemangostar – br.freepik.com

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Últimos posts